Na última década, as ferramentas digitais evoluíram incessantemente. O Streaming de vídeos, por exemplo, que antes era utilizado com cautela, virou febre na internet, chamando a atenção de empresas de todos os portes.

 

Se fazer presente, hoje, é uma das necessidades de quem busca por um espaço ao sol, seja com intenções comerciais ou não. E uma das formas é através do streaming de vídeos.

As redes sociais espelham muito bem isso, e não se limitaram ao compartilhamento de textos e imagens. Vídeos e histórias curtas vão sendo incorporados entre as opções, sinal claro de que, atualmente, só nos prendemos naquilo que se move, que tem capacidade de segurar a atenção dos envolvidos com ação e dinâmica. A revolução digital possibilitou a democratização dos “minutos de fama”, por isso, temos que ficar atentos ao streaming de vídeos e ao mar de possibilidades que ele nos abre.

Basicamente, os streamings são os materiais audiovisuais que podemos visualizar na internet, sem fazer o download definitivo para a memória de nosso computador. Sabe os sites que funcionam como um verdadeiro acervo de filmes e séries, ou aqueles voltados ao compartilhamento de podcasts e vídeos com aulas e opiniões sobre diversos assuntos? Então, são empreendimentos ou empreendedores utilizando os streamings audiovisuais para conquistar os que acabam se tornando seguidores.

 

Melhor exemplo

Apelaremos para mais um exemplo: Os digital influencers. Com grande apelo no mundo inteiro, é muito comum que nomes que se destacam no Youtube, principal site de hospedagem de vídeos, estejam na ponta da língua de milhões de pessoas espalhadas por aí. Eles souberam direcionar o nicho de atuação, sempre muito específicos na internet, montando conteúdos que ainda não apareciam nos meios tradicionais.

Todos podem fazer

É o grande “barato” do streaming de vídeos. Usamos como exemplo os portais que oferecem filmes profissionais, de fato, mas com a tecnologia que está em nossas mãos, literalmente, é possível exibir a sua rotina constantemente, por exemplo, nas redes sociais, que já se adequaram a demanda atual. Se quiser começar a profissionalizar a produção, aí sim, podemos pensar em adquirir uma câmera, começar a lidar com editores de vídeos mais básicos e abrir um perfil em uma plataforma.

A tendência pegou de tal forma, que as empresas, independentemente de quanto valem suas ações no mercado, passaram a fazer uso desses streamings, sendo eles bem elaborados ou nem tanto assim. Vídeos curtos nas redes sociais, mesmo que não tenham um ar de perfeição daqueles feitos nos estúdios em Hollywood, mas que exploram um pouco os bastidores de tudo o que é feito, tudo para fazer uso de um dos termos do momento: Humanizar a companhia.

Campanhas de marketing digital também fazem muito sucesso, com ótimas sacadas e streamings que chamam muito a atenção dos seguidores e clientes. São diversas modalidades de criação, abrindo um leque que certamente não era tão “livre” assim nos canais de televisão e nas peças impressas em jornais e revistas.

Portanto, se você quer começar sozinho ou endireitar a comunicação de uma empresa, não pense duas vezes em começar a criar roteiros e ir se especializando nas ferramentas. Apesar da informalidade que muitos streamings de vídeo transmitem, é importante que ele seja bem elaborado, principalmente quando falamos em desenvolvimento criativo, sem falar que, quanto mais você dominar o editor, as câmeras e a iluminação, melhor será o produto final.

Importante: Evite fugir do que pode ser considerado mais do mesmo. Se pensarmos bem e irmos encontrando cases de sucesso de streamings de vídeos na internet, podemos perceber rapidamente que os que mais se destacam são aqueles bem criativos, diferentes mesmo. Quando uma ou outra tendência maior aparece, nada de errado em aproveitar a barca, mas não espere para aderir um “movimento” quando já existe outro “bombando” na web.

Live Streaming

Entrar ao vivo já não é mais tarefa de repórter com o microfone na mão. Live streamings de vídeos também já podem ser considerados rotineiros na mídias, o que dá um verdadeiro tom de veracidade e credibilidade ao conteúdo que está sendo veiculado. Depois de realizado, o material audiovisual continua armazenado, sempre à disposição de quem ainda tem interesse em fazer uso.

Rentabilizar

Distribuição de conteúdo pela internet de forma continua é a definição mais precisa do que é um streaming. Quem percebeu rapidamente nisso um espaço para atuação ainda não muito explorado e decidiu investir, seja tempo ou dinheiro, ou ambos, provavelmente acabou se dando bem. Os blogs e os portais não são nenhuma novidade, mas a forma como se produz conteúdo mudou.

Vídeos e animações atraem muito mais a atenção das personas, termo contemporâneo para público-alvo, do que longos textos. É a partir dessa percepção bem básica que entendemos que, se soubermos explorar esse mundo de possibilidades, utilizando apenas uma câmera, ou nem isso, apenas um editor de vídeos, mas com uma ótima ideia na cabeça, ou algumas delas, temos muito a ganhar com isso, até mesmo dinheiro.

Os anúncios em seus vídeos nas plataformas de hospedagem e no seu blog são os meios mais básicos que se monetizar, mesmo que no começo não sejam números tão expressivos assim. Parcerias também podem gerar lucro, um pouco mais para frente. Vale lembrar que o investimento inicial é baixo, abrindo ainda mais para todos os que se consideram produtores ainda não explorados.

A venda de materiais específicos também vem pedindo licença. Se você tem habilidades ou conhecimentos que podem ajudar outras pessoas, como formação em matemática e uma didática incrível para ensinar determinados assuntos, ou em nutrição, com alguma recomendação infalível de dieta, pode produzir conteúdo em streaming de vídeos para conseguir comercializar essas aulas, sejam elas também em formato audiovisual ou não.

Espaço aberto

Apesar da forte concorrência, aproveitar a onda de streaming de vídeos e outros produtos que tomou conta de nossas vidas pode ser uma ótima saída para um sucesso financeiro que antes era impensável. Coloque a cabeça para pensar, pesquise bastante, assista a muitas das produções, profissionais ou não, e saia para colocar em prática o seu próprio roteiro e decretar de uma vez por todas: Ação!